Nunca houve um homem como Heleno

Nunca houve um homem como HelenoEm Nunca houve um homem como Heleno, Marcos Eduardo Neves pretende contar em detalhes a história do jogador de futebol Heleno de Freitas, ídolo do Botafogo antes da era Garrincha. A obra acompanha desde o nascimento do jogador, na cidade mineira de São João Nepomuceno, até seu dramático fim de vida, em um hospício, e revela todos os personagens que povoavam aquele momento do futebol brasileiro.

O livro resgata um ser humano que teria sido patético e marcante em qualquer atividade. O acaso quis que Heleno jogasse futebol, daí o ineditismo dessa narrativa: um drama, estrelado por um galã de calções e chuteiras – da praia aos estádios, das boates ao hospício, tudo isso em apenas 39 anos de vida, 305 jogos com profissional e 251 gols.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *