Os dez mais do Atlético Mineiro

Os dez mais do Atlético MineiroNo livro Os dez mais do Atlético Mineiro, do experiente jornalista Eduardo Murta, em 176 páginas, ilustradas com fotos históricas e caricaturas, o torcedor do Galo vai conhecer melhor as histórias de dez representantes de uma grande dinastia de craques. Da época de Mário de Castro, passando por Ubaldo e Kafunga, ídolos de um período mais remoto, até aos tempos em que Dario, Cerezo, Reinaldo, Éder, Luisinho e Marques encheram de orgulho a nação atleticana. A leitura dessa obra é uma verdadeira viagem no tempo. São os momentos mais marcantes da trajetória do clube, narrados através dos feitos dos seus maiores ídolos.

A obra não trata unicamente do sucesso desses profissionais no gramado, mas vai às origens de cada um deles. O autor revela, por exemplo, a resistência da família de Mário de Castro em permitir que ele atuasse no futebol, os primeiros passos de Reinaldo com a bola e a persistência de Dario para ser aceito como jogador.

Uma das propostas fundamentais do livro é meio que construir o perfil do jogador, dando ao leitor também as referências humanas, ainda que estejam lá o lastro da paixão na relação com a torcida e também os números, estatísticas, jogos e títulos memoráveis que tornaram o atleta um ídolo imortal.

Para fazer a seleção, Eduardo Murta deu seus votos e reuniu mais nove convidados: Emanuel Carneiro e Roberto Abras, da Rádio Itatiaia; Chico Pinheiro, da Rede Globo; Milton Neves, da Rede Band; Arnaldo Viana, do Estado de Minas; Chico Maia, de O Tempo; Ricardo Galuppo, do Brasil Econômico; além dos músicos Wilson Sideral e Celso Adolfo.

O torcedor mais jovem certamente sentirá a ausência de Ronaldinho Gaúcho na lista dos escolhidos. Segundo o autor, a eleição foi feita em 2011, antes da chegada do craque ao clube. Ainda assim, o livro faz referência ao astro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *