A verdadeira máquina tricolor

A verdadeira máquina tricolorA história do time que conquistou o campeonato brasileiro de 1984 e o tricampeonato carioca de 1983-85-85 é o subtítulo deste livro.  No livro A verdadeira máquina tricolor, editado pela iVentura, Sergio Trigo detalha o período compreendido entre junho de 1983 e dezembro de 1985.

Na orelha do livro, o grande Duílio, zagueiro e capitão da equipe durante a maior parte do período, afirma que “Recordar é viver, é viajar nas páginas da máquina do tempo tricolor, e reviver algumas das passagens mais belas e gloriosas de um grupo de jogadores que fez história dentro da própria história do Fluminense Football Club”.

Outro tricolor, Toni Platão, escreveu na contracapa do livro: “Fruto dessa paixão que nos move (o futebol), A Verdadeira Máquina Tricolor traz de volta a razão perdida aos tricolores, nos quais abençoadamente me incluo, que viveram esse triênio 1983, 84, 85. Joga luz sobre um momento de cores épicas na história do Fluminense Football Club. É como descobrir que essa realidade é tão emocionante e bela quanto é o sonho. E melhor, com tamanha riqueza de informação, de detalhes não só sobre o futebol, mas abrangendo todo o contexto político-social da época, que os que por lá não estiveram agora estarão”.

É como diz João Máximo no prefácio do livro: “Se o Fluminense que Sergio Trigo celebra nestas páginas foi ou não a verdadeira máquina tricolor, deixo que o leitor decida. O que não se discute é terem sido aqueles anos , 1983-1985, os mais vitoriosos da história do coube desde que existe o Maracanã”. (…) “O jovem leitor, bem informado sobre o futebol globalizado destes dias, talvez se espante a cada parágrafo que descreve momentos da formação daquele time, momentos impossíveis de se repetirem”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *